Férias em Portugal – Dicas da Kely Pinheiro

Decidimos passar em Portugal as nossas férias de janeiro deste ano, e como prometido voltei aqui para deixar algumas dicas registradas para vocês. AMEI compartilhar a viagem no Instagram, e salvei nos destaques todos os detalhes importantes. Também adorei a interação de todos que me acompanharam, e também viajaram conosco. Então sem demora, vamos ao roteiro que decidimos fazer em 10 dias:

8/1 – Chegamos bem cedo em Lisboa, alugamos um carro e seguimos para o Porto. Passamos por Alcobaça, Batalha e Aveiro.

Alcobaça – Passamos no Mosteiro de Alcobaça, um espetáculo a parte. Em frente ao Mosteiro fica a famosa doceria Alcoa, a tradicional.

Batalha – Mosteiro da Batalha (Imperdível)

Aveiro – Visitamos o Museu de Santa Joana, a Catedral e a Fábrica da Vista Alegre – que fica em uma cidade do lado). Almoçamos no restaurante Salpoente.

Chegada no Porto – Nos Hospedamos no Pestana Palácio do Freixo

9/1 – Passamos o dia explorando o Porto. Eu já conhecia, mas para quem não conhece vale a pena reservar dois dias inteiros. Nosso roteiro de um dia foi o seguinte (pegamos um táxi para o ponto inicial, e fizemos tudo andando):

– Igreja do Carmo e Ordem Terceira (visitar a Casa escondida, entre as duas Igrejas)

– Livraria lello

– Torre dos Clérigos

– Igreja e Miradouro de Nossa Senhora da Vitória

– Almoço no Cantinho do Avillez

– Sé do Porto

– Atravessar a Ponte D. Luís pela parte de cima e ir para Vila Nova de Gaia (onde são engarrafados os vinhos do Porto)

– Descer pelo teleférico até a beira do Rio

– Fazer um passeio pelo Douro em um dos Barcos que ficam na beira

– Degustar vinho do Porto em uma das inúmeras vinícolas

– Voltar para o Porto pela mesma ponte, mas por baixo

– Aproveitar o Pôr do sol na Ribeira

– Visitar a Igreja de Santa Catarina das Almas

– E terminar o dia no Café Majestic (comer a Rabanada)

Obs.: é na Rua das Almas que ficam a maioria das lojas do Porto.

O que não fui dessa vez, mas vale muito a pena:

– Museu de Arte Sacra

– Palácio da Bolsa (absolutamente maravilhoso)

– Igreja de São Francisco

– Estação São Bento

– Igreja de Santo Idelfonso

 

10/1 – Saímos do Porto pela manhã, visitamos Braga, Guimarães, e chegamos no Hotel Six Senses Douro Valley.

– Braga – a linda igreja de Bom Jesus do Monte, e a Catedral de Braga

– Guimarães – Um dos pontos altos da viagem com o Bernardo. Visitamos o Castelo Medieval de Guimarães e algumas Igrejas desta linda cidade.

Almoçamos em Guimarães, no restaurante São Gião (na verdade é meio afastado, em uma cidade do lado).

Nos hospedamos por uma noite no Six Senses Douro Valley, um dos hotéis mais fantásticos que já vi (destaque para o Spa e o café da manhã).

11/1 – Saímos do Six Senses e fomos para Lamego, Viseu e chegamos em Coimbra.

– Lamego – Igreja de Nossa Senhora dos Remédios (um sonho realizado)

– Viseu – Museu Grão Vasco e Catedral

Neste dia voltamos ao Six Senses para almoçar.

Chegamos em Coimbra e nos hospedamos no Quinta das Lágrimas.

 

12/1 – Em Coimbra pegamos um táxi até a Universidade, e de lá fizemos tudo a pé (até voltar ao hotel):

– Universidade de Coimbra (Biblioteca Joanina, Sala das Armas, Sala dos Capelos, sala do exame, capela);

– Sé Nova

– Sé Velha

– Convento de Santa Clara – a Velha

– Convento de Santa Clara – a Nova

– Portugal dos pequeninos

Almoçamos no Solar do Bacalhau

 

13/1 – Saímos de Coimbra e fomos para Fátima

– Chegamos na hora do almoço e fomos direto para o Restaurante Tia Alice. Esse foi possivelmente o melhor restaurante que comi em Portugal; maravilhoso. TEM que fazer reserva, e é por telefone. Estava absolutamente LOTADO.

Seguimos para a praça da Catedral e visitamos a Cova da Iria local das aparições de Nossa Senhora de Fátima). A Igreja ia fechar para um concerto, então fomos para Valinhos e voltamos para o Santuário no dia seguinte. É em Valinhos que o anjo apareceu aos 3 pastorinhos, e lá do lado também está a casa onde viveram.

Nos hospedamos no hotel Dom Gonçalo, só para passar a noite mesmo, e no outro dia cedo voltamos para ver o Santuário. Um dia abençoado!

 

14/1 – Saímos de Fátima, passamos em Tomar (Convento de Cristo – um dos edifícios mais impressionantes que já vi) e seguimos para Santarém.

Almoçamos em Santarém em um restaurante chamado Dois Petiscos – simples e delicioso.

Paramos em Mafra para visitar o Palácio Nacional de Mafra (IMPERDÍVEL). O único Palácio/Convento que já visitei.

Seguimos para Cascais, e nos hospedamos no Martinhal (farei um post separado sobre este hotel e o de Lisboa).

 

15/1 – A ideia era passear em Cascais e conhecer um pouco a cidade. Mas como estava chovendo, resolvemos ficar pela manhã aproveitando o hotel, que tem uma estrutura fantástica para crianças. Seguimos para Lisboa, e corremos para almoçar no Time Out Market.

Bom, em Lisboa tínhamos muitos planos, mas pegamos alguns dias de chuva, então não conseguimos fazer tudo (mas eu já conhecia os que não visitei dessa vez). Vou colocar todas as dicas de passeios. Nos hospedamos no Martinhal Chiado, e amamos tudo, começando pela localização.

Em Lisboa:

– Passear pelo Chiado – podem entrar em todas as Igrejas, pois são espetaculares. Lá também se encontra maioria das lojas legais (não internacionais, mas Zara, Sephora, etc) e lojas muito tradicionais de Lisboa. Lá também tem uma unidade da doceria Alcoa, várias Pastelarias (onde pode tomar um café com doces portugueses), e inúmeras livrarias antigas. AMEI o Chiado.

– Castelo de São Jorge

– Sé Velha de Lisboa (visitar o tesouro)

– Igreja de Santo Antônio (que nasceu em Lisboa, e não em Pádua)

– Mosteiro dos Jerônimos e Torre de Belém

– Museu da Carruagem

– Igreja e Museu de São Roque

– Basílica da Estrela

– Museu das Clarissas (onde Nossa Senhora apareceu para Jacinta)

– Parque das Nações e Oceanário

Restaurantes que indico em Lisboa (pesquisem preços e localização para verem quais gostam) – Solar dos Presuntos, As Salgadeiras, Jncquoi, Laurentina Bacalhau, Bairro do Avillez, Olivier, A Área Gourmet da El Corte Inglês, e o Time Out Market.

16/1 Lisboa

17/1 Lisboa

18/1 – Volta ao Brasil.

Ainda deixamos de visitar Sintra, que amo demais da conta. Dessa vez preferimos ficar em Lisboa mesmo, pois perdemos alguns dias de passeio por conta da chuva. Também indico visitar Óbidos, pertinho de Lisboa e de Sintra. Queria também ter passado em Vila Real para conhecer a Casa de Mateus, mas não deu tempo. Fica para a próxima!

Já havia visitado Portugal há 9 anos atrás e conhecia bem o Porto e Lisboa, mas algumas dessas cidades que citei aqui conheci pela primeira vez nesta viagem. Portugal é um País bem pequeno, e é possível fazer muita coisa de carro em poucos dias. Pegamos um clim maravilhoso em janeiro; frio mas belos dias de sol. Mas esse não é o normal; em janeiro costuma chover bastante.

Nós alugamos o carro com a Rhino. Você consegue cotar ao mesmo tempo várias empresas e ver qual fica mais em conta.

Foi uma viagem fantástica em família, onde pudemos juntar todas as coisas que mais amamos: Religião, História, Belas paisagens e boa comida. Indico de olhos fechados!

Share